DICA LITERÁRIA | 'Admirável Mundo Novo' de Aldous Huxley

02:35:00 0 Comments

Arte | Huet Émilien


Imagine um futuro onde a reprodução sexuada é tida como algo proibido, a formação de família é algo abominável e ter apenas um(a) parceiro(a) é visto como algo errado.

Em Admirável Mundo Novo, Aldous Huxley põe tudo o que nos é comum e cultural como hábitos horrendos e imorais. Isso primeiramente causa um estranhamento no leitor. Mas posteriormente nos faz pensar a respeito de nossos costumes e de como lhe damos com diferentes culturas.

O livro começa de forma sutil, mostrando um típico cenário de ficção científica. Uma mega corporação que fabrica seres humanos encomendados para serem trabalhadores específicos. E para isso, os indivíduos passam por lavagens cerebrais durante seu crescimento, junto com adaptações físicas e psicológicas que os tornem aptos a cumprirem determinadas funções.

Após estar ciente disso, o leitor se depara com o fato de que na verdade a humanidade inteira é mantida em desta forma. Comercialização de mão de obra humana, sociedade de castas, manipulação de humor e conhecimento, imposição ao consumo e banalização de tudo o que for contrário a esse sistema.
Todos são felizes, todos são amados, todos possuem empregos. É uma perfeita utopia onde está fora de cogitação a escolha por não viver nela.

Todo esse incrível cenário me fez aguardar uma trama envolta de questionamentos, descobertas, perigos e tudo mais. E o livro de fato possui esses elementos, mas a narrativa não me fez gostar como eu imaginava que iria. A trama foca nos dilemas de alguns personagens, o que até faz desenvolver um enredo interessante, mas que pra mim se tornou cansativo.

Mas apesar dos pontos negativos de minha leitura, é um livro importante que vale a pena ser lido. Aliás, não é considerado um dos maiores clássicos, não apenas da ficção científica, mas da literatura, à toa.

NOTA: 3 Unis.

0 Comentários existentes: