MÚSICA | O que é Lo-Fi?

03:01:00 1 Comments

Arte | Albane Simon

O mundo sonoro é repleto de termos diferentes, são artistas, gêneros, seguimentos... Tanta coisa que chega a ser impossível se conhecer tudo.
E no meio desse pandemônio de nomes se encontra o chamado "Lo-Fi".

Você pode até nunca ter ouvido falar nisso, porem a possibilidade de já ter ouvido uma música lo-fi é muito grande. Mas afinal, o que é lo-fi?
Eu poderia apenas lhe dizer que é simplesmente um termo usado para classificar músicas gravadas de forma caseira ou com equipamentos de qualidade não muito boa. Porem vai muito alem disso. O lo-fi se tornou um seguimento musical de grande importância para artistas amadores. Mas primeiro, vamos ao início da coisa, de onde surgiu esse nome?

No final dos anos 80, um DJ chamado William Berger dedicava meia hora de seu programa semanal na rádio WFMU para produções caseiras e deu o nome de lo-fi, do inglês Low Fidelity (baixa fidelidade) Desde então o nome pegou e é utilizado até hoje.
Muitos artistas e bandas começam sua vida musical de forma lo-fi por não ter condições de bancar uma gravação de estúdio. Outros até tem essa possibilidade, mas gostam tanto do negócio que preferem continuar na lofalidade. Tem também os que usam "efeitos lo-fi" como distorções e outros grooves, geralmente em música experimental.
 A medida que o tempo passa, músicas muito antigas podem ser consideradas lo-fi comparadas a qualidade dos equipamentos da época contemporânea.

Turma do Recife Lo-Fi em 2010

No Brasil, temos a militância do incrível Zeca Viana, que organizou em 2010 o "Recife Lo-Fi", uma coletânea com músicos pernambucanos que ganhou bastante repercussão e despertou o interesse geral pelo seguimento lo-fi (e pode ser ouvida aqui).

Se você tem vontade de fazer música, não fica esperando ter condições de produzir algo em qualidade de estúdio. Use o que conseguir, o que importa é o seu material ser bom, e quem sabe ganhe visibilidade e oportunidade de ser produzido com melhor qualidade.


Um comentário: