DICA MUSICAL | gorduratrans - repertório infindável de dolorosas piadas

03:52:00 0 Comments


Gente, que album é esse?! Vale o importante aviso: Não ouça quando estiver na bad. O que é um paradoxo, pois é um puta disco de bad, mas evite. Recomendo ouvir o album se você estiver no máximo meio down. Gosto de ouvi-lo no ônibus ou no metrô, olhando pela janela, vendo a estrada, as luzes, a noite, os trilhos, as tartarugas voadoras... É um album muito bad vibe, mas tão legal!

Bem, acho que comecei um pouco avoroçado. Perdoem-me por isso, mas o album causa esse efeito em você mesmo. A gorduratrans (sim, as coisas da banda começam com letra minúscula mesmo, o que achei muito legal inclusive) é uma banda do Rio de Janeiro formada por Felipe Aguiar (guitarra/voz) e Luiz Marinho (bateria). O som é um indie rock alternativo shoegaze. Se você não sabe o que é shoegaze, ouça a banda e olhe para a capa do album. É puro shoegaze.

O repertório infindável de dolorosas piadas, é o primeiro album da banda, e já começa foderalizando tudo. A sonoridade é crua, com vibe, sentimento, viceralidade, um pouco de lo-fi e riffs viajantes pra caralho. As letras, são um repertório infindável de dolorosas piadas. O negócio é bem bad vibe mesmo. Sabe aquele relacionamento que você ainda está retraindo? Então, o gorduratrans vai puxar toda a sua angústia lá do fundo da sua alma, e trazer em forma de lágrimas. Uma sofrência de fazer inveja a qualquer arroxa.


Ainda não ouviu o album? Ouve e depois conta pra gente o que achou.






NOTA: 5 Unis


0 Comentários existentes: